Encerrou o único posto de venda da Rodoviária de Lisboa na Pontinha

Os moradores da Pontinha, no concelho de Odivelas, perderam o único posto de venda de títulos de transporte da Rodoviária de Lisboa. As alternativas, em Odivelas ou Caneças, encarecem a mobilidade destes utentes.

http://www.abrilabril.pt/sites/default/files/styles/jumbo1200x630/public/assets/img/resize-pontinha.jpg?itok=b7RLWmvj
Os utentes não aceitam o «brutal aumento» do preço a pagar pela mobilidade
Os utentes não aceitam o «brutal aumento» do preço a pagar pela mobilidadeCréditos / Rodoviária de Lisboa

Esta situação foi denunciada ontem pelos eleitos da CDU na Assembleia de Freguesia da União das Freguesias de Pontinha e Famões após tomarem conhecimento de que o único ponto de venda de bilhetes pré-comprados e de passes da Rodoviária de Lisboa, que funcionava na livraria Joaninha, na Pontinha, deixou de prestar este serviço.

Num comunicado revelam que a Rodoviária de Lisboa informou da existência de uma quebra contratual com a referida livraria. Uma atitude que obriga os moradores da Pontinha, que necessitem de adquirir títulos de transporte desta empresa pública, a deslocarem-se a Odivelas ou a Caneças.

Indignados com a medida, os utentes não aceitam o «brutal aumento» do preço a pagar para efectuar qualquer carregamento nos seus títulos de transporte, uma vez que as deslocações de autocarro para Odivelas e Caneças têm, respectivamente, um custo de 2,30 e de 3,30 euros.

A CDU informa que irá solicitar uma reunião à Rodoviária de Lisboa e levará o assunto à próxima Reunião da Câmara Municipal de Odivelas. Simultaneamente apela à população para que «não deixe de lutar pelos seus direitos, que façam chegar à Rodoviária de Lisboa as suas reclamações» e que exijam à Junta de Freguesia e à Câmara Municipal de Odivelas a tomada das diligências necessárias para que esta situação se altere.

0 Comentários

no artigo "Encerrou o único posto de venda da Rodoviária de Lisboa na Pontinha